(31) 3417-4404 Atendimento

Oito horas de sono nada. O sono tem cinco fases e ocorre em ciclos de 90 minutos.

Escrito Por: Publicado em: Dormir bem Data de Criação: 18/03/2015 Acessos: 2025 Comentários: 0

Enteda sobre os ciclos e as fases do sono.

Em uma noite, uma pessoa pode ter de 4 a 5 ciclos de sono. Cada ciclo varia de 90 a 110 minutos. Em cada ciclo do sono ocorrem fases que vão desde ao sono leve ,sono profundo e sono REM. Dormir pelo menos 6 horas por noite é o ideal para que o corpo se revigore, se recupere do estresse, preserve a memória e a concentração.
 

Fase 1

É a fase em que uma pessoa pode ser acordada facilmente, ou seja, a fase leve do sono. Uma pessoa que é acordada neste estágio pode dizer que não estava dormindo. Nesta fase ocorrem alguns espasmos e pode-se sentir a sensação de queda.
 

Fase 2

Esta fase representa em média 50% do tempo dormido. As atividades cerebrais tornam-se mais lentas, o corpo esfria e os músculos começam a relaxar.
 

Fase 3

O corpo entra no sono profundo. Essa fase representa 5% do tempo total de sono.É um pouco difícil acordar uma pessoa neste estágio.


Fase 4

É a fase do sono muito profundo.

 

Fase 5

Compreende o sono REM, é onde ocorrem os sonhos. É nesta fase que descansamos das atividades do dia a dia e nos recuperamos emocionalmente. Nem todas as pessoas chegam a esta fase do sono.

 

As quatro primeiras fases compreendem o que chamamos de sono NREM.

É muito importante que uma pessoa passe pelo menos pelas quatro primeiras fases do sono para se sentir bem no outro dia. Para o sono ser ainda melhor, o ideal é passar também pelo sono REM.

 

Como os ciclos do sono são de 90 minutos, o ideal não seria dormir 8 horas, mas sim 7,5 horas. Como dorminos em média cinco ciclos por noite, multiplicando esse valor por 90 teremos 7,5 horas. Isso para uma pessoa que tem ciclos do sono de 90 minutos. Esses ciclos variam de pessoa para pessoa, e podem durar até 110 minutos.como já citado anteriormente.

 

Fonte:

Cerebro Mente.

Saude Melhor.

Instituto do Sono

acesso dia 17/03/2015

 
Tags:

Deixe um comentário

Captcha